Morus alba L.

Aplicação Medicinal: 
Na medicina tradicional chinesa, suas folhas, frutos e caules são usados no tratamento do Diabetes Mellitus e do colesterol, além de como sedativo, expectorante, analgésico, diurético e antiepilético (ZENI;DALL`MOLIN, 2010). As folhas da amoreira são ricas em flavonóides amplamente utilizados na indústria farmacêutica (WANG et al., 2008).
Aplicação Comercial: 
Sua exploração é destinada à nutrição das lagartas do bicho-da-seda (Bombyx mori L.), que se alimentam exclusivamente de suas folhas (OKAMOTO;RODELLA, 2006). Em função de suas características produtivas e da composição bromatológica, a amoreira branca tem sido mundialmente avaliada como alimento volumoso para os ruminantes (MIRANDA et al.,2002),
Nomes Populares: 
Referências Aplicação Medicinal: 
ZENI, A. L. B.; DALL’MOLIN, M. Hypotriglyceridemic effect of Morus alba L., Moraceae, leaves in hyperlipidemic rats. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 20, n. 1, p. 130-133, 2010.
WANG, J.; WU, F. A.; ZHAO, H.; LIU, L.; WU, Q. S. Isolation of flavonoids from mulberry (Morus alba L.) leaves with macroporous resins. African Journal of Biotechnology, v. 7, n. 13, p. 2147-2155, 2008.
Referências Aplicação Comercial: 
OKAMOTO, F.; RODELLA, R. A. Características morfoanatômicas e bromatológicas de folhas de amoreira em relação às preferências do bicho-da-seda. Pesquis
MIRANDA, J. E.; BONACIN, G. A.; TAKAHASHI, R. Produção e qualidade de folhas de amoreira em função da época do ano e de colheita. Scientia Agricola, v. 59, n. 3, p. 499-504, 2002.